Responsive image

Principais startups do ramo de saúde criam o 1o Cluster de Saúde Digital do Brasil

Seis das startups mais reconhecidas do mercado acabam de criar o 1o Cluster de Saúde Digital do Brasil, que reúne seus serviços com o objetivo de atender e gerar mais valor aos grandes players do mercado, como Hospitais, Laboratórios, Operadoras e Seguradoras de Saúde e o setor Farmacêutico.

As startups que compõem o Cluster já auxiliam diretamente quase 1 milhão de usuários com seus produtos e serviços. São conhecidas no mercado e entre as startups de Saúde, e juntas conseguem atender várias linhas de negócios em pequenas, médias ou grandes instituições de saúde.

Sobre o Cluster de Saúde Digital

A ideia do "cluster" surgiu tendo em vista o atual cenário das startups e instituições de saúde. "De um lado temos as empresas de saúde consolidadas, sem tanto problemas financeiros, que desejam trabalhar com startups mas cujos processos internos acabam dificultando as implantações", disse Immo Paul, fundador da Carenet, startup responsável pela análise de dados de saúde móvel. "Já do outro temos as startups, com propostas que ajudam de verdade as empresas e que matam um leão por dia pra encontrar seu nicho", completou.

Fernando Nandico, do MovaMais, startup que recompensa atividades físicas, disse ter gostado da ideia desde o início. "A possibilidade de cross-selling é imensa e com este Cluster já estamos presentes em 4 estados do Brasil, que vai ajudar no crescimento dos membros (DF, SP, MG e SC)".

Já para Lívia, fundadora do Dr. Cuco, startup responsável pela adesão de medicamentos, a união das startups criará um marco histórico no mercado de Saúde do Brasil. "Não encontramos nenhuma iniciativa parecida, com a proposta de realmente acompanhar a jornada do paciente com ferramentas digitais de engajamento", completou.

"Apesar de já atendermos grandes clientes, acredito que o Cluster conseguirá dar musculatura para as startups e aumentar ainda mais o valor agregado para as empresas", comentou a Dra. Cristiane Benvenuto, cofundadora do Medicinia, startup responsável pela comunicação entre médicos, profissionais de saúde e pacientes.

Para Ricardo Moraes, CEO da Memed, startup responsável pela solução de e-prescrição e consulta de medicamentos, o cluster proporciona uma abrangência de conhecimentos fazendo com que o mercado de saúde se fortaleça. "Essa troca de experiências e misturas faz surgir um mercado sólido que supre todas as áreas e necessidades dos nossos clientes", acrescentou. 

O fundador da Cybergia, Dr. André Queiroz, startup responsável pela gestão da saúde populacional, comentou que pelas startups serem totalmente complementares, não concorrentes, a união entre elas só vem agregar mais valor ao mercado em geral. "Somos todos guerreiros neste imenso mercado de Saúde do Brasil e juntos conseguiremos oferecer uma proposta de valor mais completa", disse ele.

Ao invés de gerenciar cada um dos serviços, as empresas interessadas em fazer negócios com o Cluster poderão acessar um Painel único com todos os dados referentes às startups que contrataram. A integração entre as startups beneficiará também seus atuais clientes, que podem contratar serviços complementares de forma mais simples e integrada.

É sempre um desafio para as startups conseguirem atender as recomendações das empresas, pois elas (startups) geralmente resolvem um problema específico e são focadas em uma única solução. Os membros do Cluster estão convencidos que juntos, acumulando 50 anos de experiência profissional na saúde, poderão atender qualquer desafio dos seus clientes.

As startups do "cluster" já tem reuniões de vendas agendadas em conjunto, para apresentarem uma solução mais completa aos clientes e promoverem o próprio Cluster.

Startups participantes do Cluster

Foco em integração:
Carenet Longevity (www.carenet.com.br) acelerada pela Wayra / Telefônica Open Future
A Carenet foi fundada por sócios suíços e brasileiros, e desenvolveu a maior Plataforma de Integração de Dados de Saúde Digital da América Latina, ajudando empresas a aproveitar dos dados gerados por wearables, aplicativos de saúde, smartphones e dispositivos médicos, de forma rápida e sem grandes investimentos. 

Foco em recompensas:
MovaMais (http://movamais.com)
Mova Mais é uma plataforma de motivação para a prática continuada de atividades físicas através da oferta de recompensas aos consumidores. 

Foco em tratamento:
Dr. Cuco (http://www.drcuco.com.br)
Fundada em 2015, o Dr. CUCO oferece soluções para melhorar a experiência do tratamento médico dos pacientes. 

Foco em comunicação:
Medicinia (https://medicinia.com.br)
Medicinia foi criado em 2012 para reinventar a comunicação em saúde, aproveitando tudo o que a tecnologia pode oferecer para aproximar de forma seguro, humana estruturada as equipes de saúde e seus pacientes.

Foco em prescrição:
Memed (https://memed.com.br)
A Memed é uma plataforma online, onde médicos podem consultar mais de 20.000 medicamentos e fazer prescrições eletrônicas, de maneira rápida e eficiente.

Foco em promoção:
Cybergia (http://cybergia.com.br)

A Cybergia é uma plataforma web para saúde populacional, que promove saúde, previne doenças e ajuda o gestor a diagnosticar e implementar estratégias populacionais.

Lucas Castanha possui MBA em Finanças pelo IBMEC-MG, Pós-Graduação em Gestão de Projetos pelo IETEC e graduação em Comunicação Social/Jornalismo pelo Centro Universitário Newton Paiva. Trabalha desde 2008 com Gestão de Projetos, atuando nos setores privado e público. Sua experiência inclui ainda Reestruturação de Processos e Gestão da Eficácia Operacional.